domingo, 26 de maio de 2024
Publicado em 05/04/2024 às 15:01

Terremoto de magnitude 4,8 atinge Nova York

Terremoto de magnitude 4,8 atinge Nova York
Foto: SPENCER PLATT / GETTY IMAGES NORTH AMERICA

Um terremoto de magnitude 4,8 atingiu os arredores de Nova York nesta sexta-feira (5), informou o Instituto de Geofísica dos Estados Unidos (USGS), e a cidade tremeu por alguns segundos em vários lugares. O terremoto ocorreu a uma profundidade de 5 quilômetros, segundo o USGS.

O terremoto aconteceu às 14h23min GMT (10h23min no horário local e 11h23min no horário de Brasília), 7 quilômetros a nordeste da estação Whitehouse, Nova Jersey, o Estado fronteiriço de Nova York, do outro lado do Rio Hudson.

Nenhum dano ou ferimento significativo foi relatado até o momento. "Não temos informações neste momento sobre danos significativos (mas) continuamos a avaliar a situação", escreveu Fabien Levy, porta-voz do prefeito de Nova York, Eric Adams, na rede X.

A Casa Branca confirmou que o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, foi informado sobre o terremoto e está monitorando os impactos. Enquanto isso, o Empire State Building, icônico edifício de Nova York, brincou em sua conta do Twitter: "estou bem".

O leve tremor foi sentido em muitos bairros dos distritos de Manhattan e Brooklyn, causando uma avalanche de mensagens nas plataformas de redes sociais.

Reunião do Conselho de Segurança da ONU

Na sede das Nações Unidas, as câmeras que filmavam a reunião do Conselho de Segurança sobre a crise humanitária em Gaza começaram a tremer.

A representante da ONG Save the Children, Janti Soeripto, interrompeu um discurso em que falava sobre fome e mortes. "É um terremoto?", ela perguntou.

Aeroportos

O tremor afetou o tráfego aéreo na região. A Administração Federal de Aviação (FAA, na sigla em inglês) do país emitiu uma ordem de "ground stop" para os aeroportos John F. Kennedy, em Nova York, e Newark Liberty, em Nova Jersey. A medida paralisa ou retarda o fluxo de pousos e decolagem nos terminais.


Fonte: AFP, ESTADÃO CONTEÚDO E GZH

Compartilhe essa notícia: