domingo, 26 de maio de 2024
Publicado em 15/05/2024 às 08:50

Presidente Lula retorna ao Estado para anúncio de novas medidas em apoio aos gaúchos

Presidente Lula retorna ao Estado para anúncio de novas medidas em apoio aos gaúchos
Foto: Ricardo Stuckert / PR/Divulgação

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, retorna ao Rio Grande do Sul, nesta quarta-feira (15), para encontro com autoridades locais e pronunciamento com novo anúncio de medidas em apoio ao Estado. De acordo com a Secretaria de Comunicação da Presidência, os anúncios têm como foco o suporte para recuperação do Estado atingido fortemente por chuva e enchentes.

O ato está marcado para ocorrer a partir das 12h30min, no auditório da Unisinos, em São Leopoldo, um dos municípios mais afetados, com estimativas da prefeitura de que cerca de 100 mil pessoas foram desalojadas em decorrência da inundação e de situações de risco.

Esta será a terceira visita do presidente ao Estado desde o início da calamidade climática. Lula esteve em Santa Maria no dia 2 e, no dia 5, desembarcou em Canoas, participando de reuniões e de sobrevoo sobre áreas alagadas de Porto Alegre e da Região Metropolitana.

Desde o início da calamidade, a União deslocou uma força-tarefa que envolve mais de 25 mil profissionais. Entre as funções, estão o salvamento e resgate de pessoas e animais, a ajuda no restabelecimento de serviços e infraestruturas danificadas, o acolhimento de desabrigados e desalojados e a logística para fazer chegar mais de 2 mil toneladas de donativos via Correios e Força Aérea Brasileira.

Economia

 No plano da economia, o governo federal anunciou aporte de mais de R$ 50 bilhões em antecipações de pagamento de programas sociais como Bolsa Família e Benefício de Prestação Continuada, além da prioridade para os gaúchos na restituição do Imposto de Renda e em novos aportes no seguro-desemprego. O anúncio também incluiu linhas especiais de crédito para setores produtivos.

 No último sábado (11), uma medida provisória no valor de R$ 12,5 bilhões abriu crédito para assegurar a sequência dos trabalhos federais no Estado. Nesta segunda-feira (13), o governo anunciou a suspensão, por três anos, do pagamento de parcelas da dívida do Estado com a União, liberando R$ 11 bilhões para um fundo destinado à reconstrução do RS.


Fonte: GZH

Compartilhe essa notícia: