terça-feira, 16 de julho de 2024
Publicado em 03/07/2024 às 08:29

Americanas anuncia fim dos sites Submarino e Shoptime

Americanas anuncia fim dos sites Submarino e Shoptime
Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS

As operações dos sites Submarino e Shoptime, que chegaram a liderar o comércio eletrônico brasileiro nos anos 2000, serão encerradas pela Americanas — grupo do qual as páginas faziam parte.

A decisão faz parte de um plano de reestruturação da empresa, que entrou em recuperação judicial em janeiro de 2024, após a descoberta de um rombo contábil bilionário. As bases de clientes e estoques dos dois sites serão incorporados ao Americanas.com. A informação é da Folha de S.Paulo.

"Americanas informa que a integração dos sites e apps do Shoptime e do Submarino tem como objetivo fortalecer o digital da companhia a partir da marca Americanas. A decisão contemplou o alinhamento com a nova estratégia de negócios, que foca em uma operação mais ágil, rentável e eficiente para oferecer uma experiência de compra ainda mais completa", informou a gigante varejista em comunicado.

Em janeiro de 2023 a Americanas entrou com pedido de recuperação judicial em caráter de urgência, com uma divida de cerca de R$ 43 bilhões e 16,3 mil credores. Em novembro, a empresa alegou ser “vítima” de fraude de R$ 25 bilhões. As fraudes ainda estão sendo investigadas, com indícios de envolvimento de ex-diretores.

Submarino foi fundado em 1999 por investidores que haviam comprado a Booknet, uma das maiores livrarias virtuais da época. Inicialmente, o site vendia somente livros, CDs e brinquedos. A fusão com a Americanas.com foi anunciada em 2006.

Shoptime surgiu em 1995 e pertencia à operadora Globosat, do grupo Globo. No começo, fazia vendas somente pela televisão. Em 1997, passou a atuar na internet. Foi comprado pela Americanas em 2005.

Os três sites — Americanas.com, Submarino e Shoptime — eram geridos pela B2W, companhia que concentrava os ativos digitais da Americanas.


Fonte: ZERO HORA

Compartilhe essa notícia: