domingo, 26 de maio de 2024
Publicado em 17/04/2024 às 10:48

Declaração de rebanho vai até 14 de junho

Declaração de rebanho vai até 14 de junho

A Declaração Anual de Rebanho produz um retrato mais detalhado sobre a produção pecuária no Rio Grande do Sul: com ela, sabemos mais sobre a infraestrutura, controles sanitários e saldos dos rebanhos nas propriedades rurais do nosso estado.

Com informações mais robustas, podemos abrir novos mercados internacionais e também sustentar com segurança os status sanitários já alcançados pela produção pecuária gaúcha. 

Nesta quarta-feira (17), o Chefe da Inspetoria de Defesa Agropecuária, Luiz Claudio Coutinho, participou do programa Rádio Visão e ressaltou que, anteriormente o prazo para realizar a declaração de rebanho se tinha um prazo de cinco meses, agora, esse prazo diminuiu para dois meses.

Coutinho destaca que, é muito importante que os produtores realizem a declaração, para evitar a interdição da propriedade para a movimentação de animais, além disso, também irá gerar um auto de infração, por não atender essa determinação administrativa.

A declaração pode ser feita nas inspetorias veterinárias dos municípios onde tem animais e também de forma online.  Na declaração o produtor informa a quantidade de animais, faixa-etária, sexo dos animais e as espécies. Luiz Claudio ainda informa que, a declaração é ampla e abrange diversas espécies, como bovinos, búfalos, suínos, ovinos, eqüinos, caprinos, caixas de abelhas, pescados e aves.

Prazo para declaração

A entrega da Declaração Anual de Rebanho 2024 é de 15 de abril a 14 de junho.

Formas de entrega

Pela Internet: O produtor pode fazer a Declaração Anual de Rebanho e os ajustes de saldo dos animais diretamente no SDA - Produtor Online. Um tutorial ensinando a realizar o preenchimento pode ser consultado abaixo:

https://www.agricultura.rs.gov.br/upload/arquivos/202404/17092728-tutorial-declaracao-anual-de-rebanho.pdf

Presencial: Caso prefira, também pode entregar presencialmente os formulários em PDF (constantes na aba abaixo) já preenchidos ou informar verbalmente nas Inspetorias ou Escritórios de Defesa Agropecuária, com auxílio dos servidores da Seapi e assinando digitalmente com sua senha do Produtor Online.  


Fonte: Rádio Santo Ângelo com informações do Governo do Estado do Rio Grande do Sul

Compartilhe essa notícia: