domingo, 26 de maio de 2024
Publicado em 09/05/2024 às 07:54

Farmácias São João disponibiliza de graça medicamentos de uso contínuo para vítimas das enchente

Farmácias São João disponibiliza de graça medicamentos de uso contínuo para vítimas das enchente

A Rede de Farmácia São João anunciou ontem (08) mais uma ação para amenizar a situação das vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul. A proposta é atender, de maneira imediata, a população mais afetada, ao disponibilizar mais de 80 tipos de medicamentos de uso contínuo, para tratar hipertensão, asma e diabetes, além de anticoncepcionais.

“Recebemos o apelo do prefeito de Guaíba, Marcelo Maranata, explicando que as pessoas perderam na enchente os documentos para retirar medicamentos de uso contínuo, perderam os medicamentos e não conseguem retirar novamente, nem adquirir num momento como esse, reunimos a equipe e pensamos em uma saída”, conta o presidente da Rede de Farmácia São João, Pedro Brair.  

Um programa foi criado imediatamente para agilizar e fornecer de graça e sem burocracia esses produtos. Os medicamentos atendem aos problemas de saúde que acometem 90% da população brasileira. A lista de medicamentos e municípios está disponível no site da São João.

Os mais de 40 municípios, que sofreram maior impacto pelas enchentes, farão parte do programa. Basta a pessoa que faz o uso desse medicamento contínuo chegar a qualquer uma das 342 farmácias da São João nos municípios listados e informar o CPF. O programa vai até 31 de maio ou enquanto durar os estoques.

“O Rio Grande do Sul está passando por momentos muito difíceis. Milhares de pessoas perderam muito: seus familiares, casas, bens. Ver uma ação concreta de ajuda à população é motivo de gratidão. Em nome dos atingidos, agradecemos à São João por doar medicamentos da assistência farmacêutica básica. A saúde em primeiro lugar e a empresa, com este gesto, cuida da população”, ressalta a secretária da Saúde do RS, Arita Bergmann.

De acordo com o Sindicato Médico do RS – Simers, os médicos se sentem mais confortáveis com essa iniciativa, sabendo que seus pacientes não interromperão os tratamentos. “Parabenizamos as Farmácias São João por este movimento extremamente humanitário”, disse o diretor executivo do Simers, Luiz Alberto Grossi.

“Essa ação da São João, de alcançar os medicamentos de forma gratuita e desburocratizada, irá fazer grande diferença. Neste momento, as pessoas deixam de cuidar até da própria saúde, de tomar medicação ou nem conseguem pegar remédio. Então, eu louvo essa iniciativa em nome dos 497 municípios gaúchos”, salientou o presidente Famurs - Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul, Luciano Orsi.

A Rede de Farmácia São João soma esforços com a sociedade civil e com o poder público, por meio de uma série de ações de apoio às vítimas das enchentes do maior desastre climático do RS.

“É crucial oferecer suporte neste momento sensível. Precisamos reconhecer que há perda de vidas, perda material e também um enorme abalo psicológico. É um trauma muito grande e todos precisamos aliviar o sofrimento do povo gaúcho”, destaca Pedro Brair.

O CD Gravataí recebe produção hortifrutigranjeira da Ceasa

Também nesta quarta-feira (08), a Central de Abastecimento do Rio Grande do Sul (Ceasa/RS) retomou as atividades de maneira provisória no estacionamento do Centro de Distribuição de Gravataí/RS. O espaço foi cedido para que os produtores sigam com a comercialização após a inundação da sede da Ceasa em Porto Alegre.

De acordo com o presidente da Ceasa, Carlos Siegle de Souza, a ideia é garantir, pelo menos, o abastecimento mínimo no Estado de hortifrutigranjeiros.

O espaço foi escolhido por sua localização estratégica, com fácil acesso pela Freeway, BR-118, região de Taquara e Litoral, garantindo uma logística eficiente.

Em Canoas, imóvel de 2000m² é cedido para central de distribuição de alimentos

A Rede de Farmácias São João emprestou também um imóvel, de cerca de 2.000m², para a Prefeitura de Canoas. O espaço, localizado na Avenida Inconfidência, nº 31, no centro da cidade e anexo à loja 800 da São João, está sendo utilizado como central de entregas.

De acordo com a Defesa Civil, mais de 300 famílias foram atendidas na última terça-feira (07) com cestas básicas, produtos de limpeza, roupas e calçados.

“Este é um presente para Canoas. Ao ceder este espaço, a São João ajuda a população que está faminta e angustiada. Eu agradeço em nome do povo de Canoas”, disse o prefeito, Jairo Jorge.

 

Distribuição gratuita:

Do que? Mais de 80 tipos de medicamentos para asma, diabetes, hipertensão e anticoncepcionais;

Quando? De 08 a 31 de maio de 2024;

Para quem? Pessoas que fazem uso contínuo dos medicamentos;

Onde? Em todas as lojas da São João nos mais de 40 municípios que sofreram maior impacto pelas enchentes no RS;

Como? Basta ir até uma das lojas da São João e informar o CPF.

Confira no link a lista dos municípios e dos medicamentos do Programa São João Popular:

https://www.saojoaofarmacias.com.br/medicamentos-e-cidades-sao-joao-popular  



Compartilhe essa notícia: