domingo, 26 de maio de 2024
Publicado em 09/05/2024 às 16:31

Respeito e empatia contra o ódio e a maldade

Respeito e empatia contra o ódio e a maldade

Enquanto alguns se preocupam em gravar vídeos maldosos, sem noção do que realmente é preciso, apenas para caçar clicks e tentar atingir adversários políticos, outros estão preocupados em trabalhar e ajudar aqueles que precisam.

É impressionante como os membros de um grupo político desprezam ações que beneficiam as pessoas vulneráveis. Estender a mão, auxiliar quem necessita, ter empatia e respeito, para eles é “intervenção desnecessária do Estado”.

Teve um que usou o espaço da Câmara de Vereadores para orientar as pessoas a não realizarem doações aos atingidos pelas enchentes. Segundo ele, é melhor fazer pix para uma entidade endinheirada do que atender as prioridades de quem perdeu tudo.

Gente que odeia políticas públicas sociais. Pensa que o mais importante é a tal de liberdade econômica, por isso, não tem nem vergonha de afirmar que num momento como esse é legítimo que os empresários aumentem os preços, afinal é a “lei do mercado”. Mais elitista, impossível.

 

Se não atrapalhar, já ajuda

A respeito das ocorrências lamentáveis envolvendo a tragédia, com disseminação de mentiras e táticas de tumultuar ainda mais a situação, dois vereadores foram fortes em seus pronunciamentos na última sessão da Câmara de Vereadores.

Valdemir Roepke, o Nanaco, criticou as postagens feitas por quem, segundo ele, nada faz de útil e ataca quem realmente está trabalhando. Elogiou o trabalho da Defesa Civil e o envolvimento direto da primeira-dama Juliana Barbosa nos trabalhos junto a equipe da Central do Bem.

Felippe Terra Grass, presidente da Câmara, foi na mesma linha e acrescentou que os investimentos do Governo Municipal nas obras de drenagem pluvial, que já passaram dos 32 quilômetros, evitam que mais alagamentos ocorram.

 

Resposta rápida e eficaz



Chamou a atenção dos presentes o relato feito pelo diretor da Defesa Civil do Município, Paulo da Rosa, na reunião realizada na manhã do último domingo para tratar das ações a respeito das enchentes que atingem o Rio Grande do Sul.

Ponto a ponto, Paulo explanou sobre o atendimento a todos os atingidos de Santo Ângelo e as ações preventivas que a Defesa Civil local realiza. Sua atuação foi amplamente elogiada pelo coordenador regional da Defesa Civil, tenente Cristiano Becker.

Merecido, afinal, em todas as situações a Defesa Civil mostra-se ágil e com ações eficazes.

 

Medidas para minimizar a falta de água

Santo Ângelo tem abastecimento de água por dois rios. Todavia, 70% da área urbana recebe a água captada no Ijuí. O que ocorreu no início da semana foi algo que não pode se repetir.

A Corsan, agora empresa privada, precisa tomar providências para evitar que a população fique desabastecida por dois ou três dias. Isso é inadmissível. Seja levantamento da posição da bomba ou qualquer outra medida, mas é urgente que alguma medida que evite um novo problema do tipo seja tomada.

Aliás, há muito se cobra que a Corsan tenha geradores nos pontos de captação. Afinal, falta energia elétrica e o abastecimento de água é suspenso. Antes, cobrava-se do governo, já que a empresa era pública. Agora, quem comanda a Corsan também precisa responder por isso. 


Cervejaria Itaroqem em expansão



 

A cervejaria santo-angelense Itaroqem está em plena expansão. Os planos dos empresários Fred Andres e Estela Bresolin foram apresentados ao prefeito Jacques Barbosa nesta semana.

Segundo Fred, a indústria está expandindo seus produtos para as regiões da fronteira e central. Além disso, a capacidade produtiva segue em constante aumento.

Outro projeto é a da instalação de uma área externa em anexo à fábrica, para sediar eventos e visitações.

Jacques disse que o Município sempre está atento a apoiar a expansão dos empreendimentos locais, o que beneficia toda a comunidade. Merecido, afinal trata-se de uma empresa local com um produto de qualidade reconhecida e que tem tudo para crescer.

O ex-prefeito Valdir Andres acompanhou a visita.


 Garantir lugar na janela não é tão fácil

Lembrando do verso célebre de Carlos Drummond de Andrade, uma liderança política local está com uma pedra no meio do caminho. Uma pedra grande, diga-se de passagem.

Pensou que bastava se filiar que passaria a comandar o novo partido, foi alertado de que não seria assim. Não acreditou e agora está comprovando na prática que o alerta estava correto.

Com mais tempo de sigla, alguns novos correligionários já mostraram que pegar lugar junto a janela não será tarefa das mais fáceis. Já está desanimado e não esconde.

 

 CARA DE PAU- É no mínimo irônico o sujeito que cantou uma música que compara feministas a cadelas e foi acusado de assédio se horrorizar com o show da Madonna. Muita cara de pau.

 

CENTRAL DE FAKE NEWS- Alguns pronunciamentos no Pinga Fogo da Câmara de Vereadores se transformam em disseminadores de notícias falsas. Parece incrível que insistam em divulgar situações que já foram amplamente desmentidas. Porém, tem uma lógica. Falam para uma bolha, que vive apenas dentro desse universo de ódio e mentiras.

 

Perguntar não ofende

Todos os alertas que os cientistas fizeram sobre o clima foram solenemente desconsiderados. Alguns ainda insistem em desacreditar os problemas climáticos, deputados gaúchos, inclusive, o que poderíamos esperar?

 

Só para lembrar

Idolatravam o Exército até bem pouco tempo. Até “rezar” em frente ao quartel foram. Uns chegavam a “bater continência” quando se deparavam com alguém fardado. Agora, destilam ódio aos militares apenas porque meia dúzia de generais, acertadamente, negou-se a participar do golpe contra a democracia proposto pelo “mito” derrotado.  Mais do que patético, é ridículo.

  

Para refletir

Os tolos têm às vezes tanto gosto em serem enganados como os velhacos em os enganarem” José Bonifácio de

 Andrada e Silva

 

 



Compartilhe essa notícia: